Bizarro perde


Galdino Borges de Aguiar Guanaes (foto), um ser quase humano, agrega aspectos bizarros ao seu perfil. Pra começar tem o defeito de ser irmão de Cocão e a virtude de sê-lo de Hildinha. O Trio Elétrico Armandinho, Dodô e Osmar puxava a multidão entre o Campo Grande e a Castro Alves numa terça-feira à tarde durante a festa de aniversário da UNE. Maior astral, não era carnaval, e a juventude alegre desfilava em meio à fumaça que subia sob a proteção da PM baiana. Quando o trio chegou no Forte de São Pedro, Aroldo Macedo ouviu do segurança que estava na parte de cima que “Araken da Embasa encontrava-se embaixo e gostaria de subir”. Aroldo consentiu e em instantes aparece Gal. Como já tinha visto a figura na Embasa e estava ocupado tocando, deixou pra lá. Pra azar dele. O cabôco começou a se balançar que nem aqueles bonecos de posto de gasolina. E tome beijo para o povo das sacadas. Em pouco tempo Armandinho já não era a atração principal do Trio. O negócio começou a feder quando ao passar pela rede de energia elétrica o seqüelado resolveu ajudar o pessoal de apoio que afastava os fios com as mãos. Foi repreendido. O melhor estava por vir. Nas Mercês o cidadão pensou que era um pombo sujo e resolveu se pendurar no semáforo. Foi um Deus nos acuda. Em seguida o pessoal do trio achou por bem mantê-lo preso no banheiro até o fim da folia.

Comentários

Joana D'Arck disse…
Esse Galdino é uma figura!Por falar em figura, hoje cedo encontrei Nivaldinho na Paralela, com um enorme adesivo no carro, de propaganda da empresa de filmagem dele. Se não me angano é Loloi Filmagens. Aí é que Paulo Bina pergunta: "você contrataria uma empreas com o nome Loloi para filmar um evento?"kkkkkkkkkkkk
Mônica Bichara disse…
Loloi Filmagens é mesmo ímpar kkkkkkkkkkk

Aí, Araka! Tá virando pistolão, né papa? Já estão até usando seu santo nome em vão. Posso dizer que sou sua amiga pra sair no Ara........ketu?