Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Onde o menino foi parar





Nestor Nestogêneo um belo dia está chegando em casa e por outra porta vai saindo Yan, seu belo e único filho, de mala e cuia. Era véspera de Semana Santa. “”Vai pra onde Yan?”
Pra Ilha meu pai
Pra casa de quem?
Da namorada de Vitor. Meu pai, por sinal ela é filha do irmão de uma amiga sua.
Quem?
Maria Creuza, Quesinha.
Mundo pequeno. Ai estão eles, batendo um dominó na varanda da mansão. Ele and the girl friend ao centro, Tia Mé à esquerda e Maguinho na direita.

6 comentários:

Manuela Dourado disse...

Realmente, ê mundinho pequeno! Yan é amigo de Vítor (e não Thiago) que é namorado de Carolina, filha de Tio Jorge. E essa galera frequenta a "mansão dos miranda" no verão.
Vou informar o endereço desse blog aos membros da família miranda, pois a divulgação da sua vida social por aqui está "bombando"...muitos risos

Mônica Bichara disse...

Avise mesmo, Manu, p/q esse Arapinga vai terminar transformando a Ilha de Caras dos Rodrigues de Miranda num balneário de celebridades. E Maria Creuza, que não é boba nem nada, vai triplicar os preços do cardápio. Soube que Nestorgênio esteve aqui e já voltou pra Angola. Taí, Araka, alguém tem que contar neste espaço as guerras travadas por Nestor, com aquele monte de braços e pernas, nas partidas de futebol dos jornalistas. Quando ele partia pra cima saia jogador pra tudo quanto era lado. Popó, então, não podia nem ouvir o nome dele que já esquentava. E o companheiro Jadson, fantasiado de goleiro, todo compenetrado nos jogos. Vale um registro. beijos

Jadson disse...

Companheira Mônica, não sei se vcs sabem, mas lá no fundo sou muito sentimental (não tem um fado cantado por Chico Buarque que fala isso?)
Não gosto nem de ouvir falar de coisas que fazia com gosto e que hoje não faço mais, não dá mais... futebol é uma delas, me dá uma dor de saudade da porra! Deve ser coisa da velhice chegando.
Um abraço pro povo de José Irecê.

Pollyanna R. Barreto disse...

Minha irmâ é linda, não acham?
E joga um dominó sacudido.

Mônica Bichara disse...

Ela aprendeu com José, Polly.

Cremilda disse...

Depois que Manu divulgou o blog não paro de vasculhar, já dei boas risadas...Vocês estão de parabéns. Araken, só uma correção. Este encontro ai foi nas bodas de prata de Tio Jorge e Sandra (10/01). Lembra??? e não na Semana Santa e neste dia eu e maguinho botamos para F, ganhamos de todas as duplas. Pouco modesta né? Mas, só estava aplicando o que aprendi com José. risossss

Arquivo do blog