Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

O nosso Grito


" Vida em primeiro lugar, a força da transformação está na organização popular" . O grito dos /as excluídos/as enrolou, enrolou pra sair do Campo Grande, depois do desfile oficial comemorativo do Dia da Independência do Brasil, mas deu o recado, ou melhor, os recados, porque não são poucos os excluídos, boa parte representada na avenida 7 de Setembro.



O velho militante Célio Maranhão e seus protestos contra tudo


O entusiasmo da platéia no circuito


Beleza e inocência na rua

Flagrante de um grande encontro


Presença sempre garantida.


Manoel Porto foge dos ligeiros chuviscos, não só pela preocupação com o equipamento fotográfico, como também pelo novo corte de cabelo, que não ia fazer o mesmo efeito ensopado (rsrsr)


As coleguinhas improvisam coletiva com o pessoal da coordenação do evento

Os coleguinhas disputam o melhor ângulo para registrar tudo

Pai engajado, filhos entediados. Olha a disposição dos "pestinhas" de Julio Rocha


A satisfação de encontrar amigos.

A presença do herói revolucionário.

Muito experto foi esse Papai Noel, que foi ao grito, mas não estava nem aí para protestos. Pra quê?
Sinta o clima

5 comentários:

Jadson disse...

Valeu, Joaninha, me lembrei que hoje era 7 de setembro pela manhã, estava na Lan House passando matéria, depois fiquei o dia todo me lembrando, lamentando perder o Grito dos Excluídos. Agora, início da noite, quando entrei na internet (o esquema do hotel voltou a funcionar), topei com a agilíssima cobertura do Pilha. Deta animadíssima, a "dona" do blog com o dr. Waldir, o velho Sinval e Manelão (lembram? a gente sempre dava uma entradinha no Colom na passagem), Célio... quem mais? Valeu, valeu.
Vamos em frente em favor dos excluídos, pela verdadeira democracia, a participativa.

Joana D'Arck disse...

Valeu, Jadson.Pensamos em você o tempo todo no Grito e confesso que a intenção do filminho foi mesmo em sua homenagem. Bjs.

Joana D'Arck disse...

Quero registrar que sentimos a falta de velhos companheiros de militância no Grito, como Olivinha, Zoraide,Carmela, Mônica Bichara, Emilson, Alberto Freitas, Luís Primo e muitos outros que, se foram, não vimos destas vez. Uma pena.

Mônica Bichara disse...

Eu estava dando a minha contribuição para que as nossas "pestinhas" não ficassem entediadas como as de Júlio.
Mané Porto é o único fotógrafo que conheço que tem paparazzo (hehehehe), não pode fazer um clik que logo tá no Pilha

Joana D'Arck disse...

Bem sacado Mônica. Manoel Porto está com a bola toda.

Arquivo do blog