Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Coisa da baiano II

Salvador nunca faz frio (frio de verdade mesmo). Mas baiano adoooora um casaquinho. Basta cair um chuvisco e veste o agasalho. Alguns ainda exageram no figurino de inverno, mas é difícil alguém superar Domingos Souza (Domingão).

Num certo dia de chuvinha, no século passado (como diz a amiga Carmela quando se refere ao nosso tempo na Tribuna da Bahia), o repórter de polícia adentrou na redação estreando um casaco cinza de pelúcia, curto e tão apertado que dificultava a movimentação dos seus braços. Quando viu o estiloso colega no modelito de inverno para lá de rigoroso, Luís Brito, repórter de Esporte, gritou chamando ainda mais atenção da redação inteira: "Vixe Maria, mataram um veado e vestiram outro! Ninguém se aguentou na gargalhada, mas Domingão não se intimidou. Toda vez que chovia, lá estava ele todo exibido com o casaquinho de pelúcia.

3 comentários:

Mônica Bichara disse...

Aquele bichão de pelúcia era mesmo hilário. O negão se achava com aquele casaco e cheio de ouro. Figuraça o Domingão. Ainda está trabalhando?

Jadson disse...

Não, Mônica, o Domingão ou Dominguinho já está no estaleiro há uns dois a três anos. Qualquer dia vou lembrar aqui um caso dele com seu editor, o Vicentão, me lembrei agora (pauta para o Pilha Pura).

Carmela disse...

Joaninha, você falou de chuva e século passado, lembrei de Zé Maria no tempo em que o Jornal da Bahia funcionava na Barroquinha, esse acho que poucos se recordam. Quando chovia a água chegava até a porta do jornal que tinha uma escadaria e Zé Maria usava como trampolim, mergulhava e saia nadando pra tomar pinga em um pé sujo que funcionava do outro lado. Aquele gostava mesmo de encher a cara.

Arquivo do blog