Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

A crítica de Geraldo Guedes

A entrevista concedida pelo colaborador aqui do PP, Jadson Oliveira, ao Jornal A Tarde foi  no mês passado, mas vale a pena contar a repercussão dela lá em Brumado, onde vive um grande amigo, Geraldo Guedes, essa figuraça aí da foto. Pois Jadson esteve por lá visitando o amigo que, muito sincero e crítico, lhe  passou um pito: "Gostar da entrevista, eu gostei, mas pegou mal pra um socialista que quase foi guerrilheiro dizer que não gostou de ficar em Cuba sem fio dental, café descafeinado e protetor solar". 

Um comentário:

Jadson disse...

Crítica é sempre bem vinda, especialmente quando vem de um amigão como Geraldo Guedes, meu velho companheiro de militância política na década de 70 do século passado. Na verdade, tratou-se de uma gostosa brincadeira.
Mas, para que o leitor do Pilha forme bem seu entendimento, transcrevo minha declaração na íntegra: "Em termos dos nossos hábitos de consumo de classe média, tem muita precariedade. Só para lhe dar um exemplo, eu não encontrei lá fio dental. Um dentista inclusive me garantiu que esseproduto nãoexistiana ilha. Café descafeinado, tive dificuldade de encontrar, e bloqueador solar eu não achava. Em suma, uma pessoade classe médias entirá muita diferença se for morar em Cuba".
Quanto às fotos onde apareço com Geraldo, são de sua "roça", sua paixão, a 18 quilômetros de Brumado, onde Militão (nome com o qual nos tratamos um ao outro) atua como advogado. "Roça" na qual já festejei muitos São Joãos - com Deta e uma vez também com Joaninha e Sinval. Sempre apareço por lá uma vez por ano para curtir a amizade, ouvir boa música, chupar umbú e tomar uma Serra das Almas, cachaça boa de Rio de Contas.

Arquivo do blog