Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

“Maturidade”

O irreverente Álvaro Portela Figueiredo Júnior, "Alvinho", para os colegas da Facom no século passado (década de 80), somente Figueiredo para os colegas da Rádio Educadora, estréia aqui no Pilha com esse texto abaixo que é a cara dele mesmo.
 Bem vindo amigo!
O blog está bombando, como disse Mônica Bichara ao encontrá-lo aqui fazendo comentários.  

Álvaro Figueiredo

Amigos, sou obrigado a uma confissão q pode, em principio, por tabela tbém comprometê-los. É q nasci em 1960, e estou no próximo dia dezoito dobrando o cabo da boa esperança –esperança, de viver mais meia década, será ???

A verdade companheiros é q o tempo ruge, e imaginei q ao atingir essa marca com ela viesse a tal maturidade, o famoso juízo, o tão buscado discernimento...

Ledo engano !!!

O q me vem, nos dias de farra mais insistente, é uma ressaca dos diabos na qual me dói todo o corpo, da sola dos pés ao couro cabeludo, passando pela pleura, ciático e partes outras das quais, qdo jovem, jamais ouvi falar.



Alguns são sabedores desta limitação –nosso querido Araka, por exemplo- pelo estado etílico e desgaste do maquinário, vê-se q ele é um ante diluviano experiente na sobrevivência, neste período pós paleozóico.

E é claro q estamos sendo, sempre obrigados a rever conceitos.

Mulher, por exemplo, não tem mais q esfriar no tanque e esquentar no cozinha –e pensar q não, tem uma de presidente já já-e tirar sarro com gay hoje é homofobia –e crime previsto em lei !?!?

Quer dizer , certas coisas, como dar risada do andar do perneta, estão mesmo fora de moda, amigos, mas como bem sabe o coroa Carmel, o cavalheirismo ainda cai bem –q sorte.

De sorte q, pra resumir, bem vindos sejam os q não se acanham de ser amigos e contemporâneos de um tal dinossauro, e venham morder essa gelada, vc sabe onde, vc sabe quem

Só não me dêem parabéns, e nem me desejem feliz aniversário

Isso ficou -priscas eras- no passado.

4 comentários:

Mônica Bichara disse...

Beleza, Fig! Vc é uma figuraça e não poderia mesmo ficar fora dessa troupe. Pelo andar da carruagem, qualquer dia desse Jô vai ser processada por formação de quadrilha. Xi!!!

Joana D'Arck disse...

Pois comadre, corre o risco mesmo dessa acusação grave, mas antes mal acompanhada do que só.

Alvinho, nessa história de ressaca, chamar Arapinga de sobrevivente é redundância kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk(viu aí Araka?)

Jadson disse...

Grande Alvinho, e o tal do colesterol, da pressão arterial, da dor nos quartos, de uma dorzinha ora aqui, ora acolá? péssimas companhias das quais nos tornamos íntimos... É uma merda, companheiro, mas vamos em frente.

Joana D'Arck disse...

Correção: Pois é comadre, corro o risco mesmo dessa acusação grave, mas antes mal acompanhada do que só.

Arquivo do blog