Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

quarta-feira, 31 de março de 2010

Enrolado na baba de quiabo

E lá vem caruru. Já fui à feira comprar muito quiabo, porque a família é grande e na Sexta-feira da Paixão na casa dos meus pais não pode faltar essas comidas regadas a dendê e leite de côco, como manda a tradição baiana.

Quando eu era menina, "lá em Barbacena" ( passei a infância entre Itambé e Vitória da Conquista) sofria muito nesses dia. Na região não era muito  comum a utilização desses produtos típicos. Na minha casa, só tinha prato com dendê, leite, castanha, amendoin, camarão, cebola, gengibre... essa mistureba toda, na Sexta-feira da Paixão. Eu gostava do sabor, mas o intestino de criança desacostumado reclamava todo ano. Dia seguinte, lá estava eu com dor na barriga.

Só a partir dos 10 anos de idade, quando cheguei em Salvador e comecei a comer mais dessas iguarias é que fui me acostumando. Imagine quem é de fora o que não passa. 

Teve um amigo nosso, suiço, o saudoso Jaques Jacot (morreu precomente de infarto) que chegando à Bahia foi comer caruru numa casa, levado por um amigo, e começou a sofrer só de olhar para a cara da comida. Mas encarou a baba de quiabo rapidinho para se livrar do prato cheio que lhe entregaram. A dona da casa, ao ver que ele terminou tão rápido, entendeu que Jaques gostou  e tratou de empurrar outro prato cheio para cima do gringo. E para não fazer a desfeita, o coitado quase passou mal. Ele nunca esquecia esse episódio que marcou a sua chegada por aqui e repetia isso nas rodas de amigos, achando muita graça, porque depois que passa muita situação difícil pode virar motivo de boas gagalhadas. Ainda bem.

terça-feira, 30 de março de 2010

Babasom


A pedidos, o Babasom comemorativo do aniversário de Borega foi transferido para sábado, a partir das 9h, no mesmo local.

segunda-feira, 29 de março de 2010




(Charge de Borega publicada hoje no site Bahia notícias)

Notícias boas e más

Jadson Oliveira


- Boas e más... avança a luta contra a delinquência.
- Genial, e a má?
- A maioria dos detidos é da nossa polícia.


Esta beleza de diálogo está na charge de hoje, sábado, 27 de março, do jornal argentino Página 12, assinada por Daniel Paz & Rudy. É um senhor com jeito de burocrata falando com um rapaz com jeito de repórter (isso aí depende da imaginação de cada leitor).

Tem outra boa nessa coisa de notícia boa e notícia ruim. É dos ateus:

- Tenho duas notícias, uma ruim e outra boa: a ruim é que Deus não existe;
e a boa é que você não precisa Dele.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Pilheiro aniversariante ( tá com inveja, vire pilheiro)

Tá bom, foi ontem (25/03), mas também não fala nada, a gente acaba se passando. Tem nada não, aniversário é para se comemorar sempre e compartilhar alegrias com amigos mais ainda . Então, Receeeeeeeba Boreguinha! nosso abraço e enorme carinho.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Homenagem a Mayra

Terra Papagalli



."... Quando se alevantam alguns, o melhor modo de quietá-los é dar-lhes emprego ou título, porque os da terra muito prezam serem chamados de senhores e não há um que não troque honradez por honraria”.



O texto datado de 1535, parece que ainda se encaixa bem para muitos não, é? É o nono mandamento de Cosme Fernandes, apelidado de Bacharel da Cananéia, personagem do livro Terra Papagalli, de José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta (Editora Objetiva).



É o segundo livro de Torero que leio e termino com aquela satisfação, aquela vontade de contar para os outros o quanto me diverti. O primeiro, O Chalaça, já estou relendo.



Mas voltando ao “Narração para preguiçosos leitores da luxuriosa, irada, soberba, invejável, cobiçada e gulosa história do primeiro rei do Brasil, ou Terra Papagalli”, como apresenta a capa: Cosme Fernandes é um dos “degredados”, que chegaram ao Brasil no período do descobrimento e aprontaram de tudo. A gente ri muito e também se choca com relatos de como o cara se virou aqui entre os índios, como os conquistou e também matou muitos. Acabou iniciando o comércio de escravos, vendendo índios prisioneiros das guerras entre tribos, e aprendeu que nesta terra “é preciso dar presentes sem parcimônia, fazer alarde de qualquer dificuldade, que não quem não troque honradez por honraria”.

O livro é todo bom, um “irresistível passeio pelo nosso passado” que nos faz compreender melhor esse nosso presente, mas tudo com muita graça e ironia. No decorrer da narrativa, o “herói” vai proclamando os seus dez mandamentos sobre como bem viver por aqui. O Terceiro é um primor: “As gentes da Terra dos papagaios são muito crentes e de fácil convencimento. Por isso, têm em alta conta feiticeiros, os falsos profetas e vai a coisa a tanto que não há patranheiro que lá não enriqueça e prospere. E assim é senhor, que por serem tão crédulos aqueles gentios, pode-se-lhes mentir sem parcimônia nem medo de castigo”.
Mudamos muito?
Como disse antes, estou relendo O Chalaça e depois quero contar melhor as suas aventuras.




O autor: José Roberto Torero

quarta-feira, 24 de março de 2010

Meladinha na sexta

Nasceeeeeeeeeeuuuuuuuuuuuuuu...! A primeira neta de Manoel Torto. Sofia filha de João. O vovô convida a todos para a meladinha, sexta (26/03), advinhem onde : Boteco do França a partir das 18h.

terça-feira, 23 de março de 2010

Bufa nas passarelas


Depois da barrigada da notícia da aprovação no conurso da Embasa, Bufa Pinga decidiu dar uma guinada profissional. Abandonou a comunicação e partiu para uma carreira solo no ramo Fashion. Seu primeiro ensaio fotográffico foi publicado hoje na TB.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Repórter que é repórter...

... não se assusta com desafios. Taí o exemplo, com o  jornalista Paulo Bina,
expert em política, que mostra o jogo de cintura para tirar  informações das mais diversas fontes.







Foto: Paulo Mocofaia

AVENTURAS DO ENVIADO


Primeiro texto do enviado especial a Trinidad e Tobago publicado o seu blog, EVIDENTMENTE.


Caribe: em busca de novas rotinas.

sábado, 20 de março de 2010

sexta-feira, 19 de março de 2010

ESCANEADOS


Da série "Um doce pra quem advinhar"
Apesar da timidez incorrigível até hoje, a menina do lado direito bem que chegou a enfrentar a passarela, animada pela mãe coruja, caracterizada como "Pedrita", da família Flinstones.

quinta-feira, 18 de março de 2010

A língua


O nosso enviado especial a Trinidad e Tobago, Jadson VPP, está todo enrolado com o inglês dele, praticado há tempos em sala de aula. E além disso está misturando com o espanhol que vinha praticando nos últimos paises visitados (Venezuela, Cuba, Paraguai e Bolívia). Tanto que ainda não enviou nadica de nada para o blog, mas mandou e-mail dizendo que está tudo bem. O problema é só a língua.

terça-feira, 16 de março de 2010

JÁ FOI


O nosso correspondente internacional, Jadson Oliveira, partiu desde ontem à noite para a sua nova aventura, em Trinidad e Tobago, no Caribe.
Assim como as estrelas globais e hollyoodianas, fez mistério sobre a data e horário de embarque, receoso do assédio dos milhares de fãs frequentadores do Pilha e do seu blog।Evidentemente.

Vamos manter a silhueta em forma


Mais uma pesquisa...
No mínimo, curioso। Um estudo do Brigham and Women's Hospital Boston, nos Estados Unidos, que avaliou mais de 19 mil mulheres por um período de 13 anos, concluiu que abolir o consumo de álcool da dieta não representa, necessariamente um menor ganho de peso das mulheres। A partir do relato das participantes sobre sua ingestão de álcool, foi revelado que as abstêmias correm maior risco de engordar do que as que bebem moderadamente.

Tá rolando na rede

O que escrever em seu túmulo se você é....

ESPÍRITA
Volto já.

INTERNAUTA
www.aquijaz.com.br

AGRÔNOMO
Favor regar o solo com Neguvon. Evita vermes.

ALCOÓLATRA
Enfim, sóbrio.


ARQUEÓLOGO
Enfim, fóssil.


ASSISTENTE SOCIAL
Alguém aí, me ajude!


BROTHER
Fui.

CARTUNISTA
Partiu sem deixar traços.


DELEGADO
Tá olhando o quê? Circulando, circulando...

ECOLOGISTA
Entrei em extinção.

ENÓLOGO

Cadáver envelhecido em caixão de carvalho,
aroma Formol e after tasting que denota
presença de Microorganismos diversos।


FUNCIONÁRIO PÚBLICO
É no túmulo ao lado।


GARANHÃO
Rígido, como sempre.


GAY
Virei purpurina।
HERÓI
Corri para o lado errado.

HIPOCONDRÍACO
Eu não disse que estava doente?!?!

HUMORISTA
Isto não tem a menor graça.


JANGADEIRO DIABÉTICO
Foi doce morrer no mar.

JUDEU
O que vocês estão fazendo aqui? Quem está tomando conta da lojinha?
PESSIMISTA
Aposto que está fazendo o maior frio no inferno.


PSICANALISTA
A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido.


SANITARISTA
Sujou!!!

SEX SYMBOL
Agora, só a terra vai comer.

VICIADO
Enfim, pó!


ADVOGADO

Disseram que morri.... mas vou recorrer!!!

segunda-feira, 15 de março de 2010

Esse é de morrer de rir




Bufa Pinga


O sequelado passou no concurso da Embasa

A rabada do bebum


Chegou lavado de cerveja e varado de fome no bar Barthô, no Largo da Marquita, e foi logo pedindo:

-" Garçon, uma rabada" .

Mas assim que se sentou, pegou num sono profundo, daqueles de cair de cara na mesa. Pouco depois aconteceu um assalto e o bar todo ficou em polvorosa, mas Ricardo Serrano continou em seu sono brabo. Nada viu, como também nada perdeu, porque os assaltantes nem ligaram para o bebum dormindo.

Acabou o assalto e o estômago de Ricardo tratou de despertá-lo. Olhou a mesa e como não viu o prato solicitado bradou:

-"Cadê a minha rabada?".

O garçon avisou:

-"Moço, acabamos de ser assaltados".

E ele:

-"Sim, mas levaram a rabada?"

O garçon disse que não e ele foi direto ao assunto:

-"Então,traga a rabada".

sábado, 13 de março de 2010

Turma da pesada


Esse ano estou gostando mais de Geografia. Principalmente pelos foras que a gente dá na sala de aula. Fala sério! Teve uma aula que foi muito engraçada mesmo, pior do que a escolinha do professor Raimundo. A professora Juliana pediu pra gente identificar no Atlas os continentes. Daí ela perguntou para Lucas o continente onde fica a Itália. E ele respondeu: “Na América do Norte”.
A pró disse: “Ah, Lucas, assim não dá não”. E perguntou a mesma coisa para Iana, mas essa daí só piorou as coisas: “A Itália fica na França, tia”, sendo que a França nem continente é. Pior foi Enzo, meu colega, que disse que a China é um continente. Mas eu também não escapei, dizendo que a Califórnia é um país da América Central. Pelo jeito vou me divertir muito mais esse ano.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Bomba contra Geddel

Buemba! Buemba, diria o Macaco Simão! Política não é um tema explorado aqui no
Pilha, mas pedimos licença para postar esse vídeo do site Pura Política।


quinta-feira, 11 de março de 2010

quarta-feira, 10 de março de 2010

Invasão de privacidade




O sujeito aí da foto, em água dura, invadiu com o carro a calçada e levou pela frente portão e parte do muro da residência de nosso amigo Leo (musicoterapeuta, psicólogo, mestre em etnomusicologia pela UFBA e, nas horas vagas, produtor do Matita Perê), que ainda pena para conseguir ressarcir o prejuízo. Difícil mesmo foi retirar o condutor do veículo para prestar esclarecimentos...











Nove dias de emoções

Jadson Oliveira




Querida Joaninha,



Estou publicando no meu blog Evidentemente (http://blogdejadson.blogspot.com/), que também é seu, o diário, escrito no fragor da “batalha”, daquela caminhada de 158 quilômetros, da Praia do Forte, na Bahia, a Abaís, em Sergipe, entre os dias 4 e 12 de janeiro de 2001. Os protagonistas são bem conhecidos no Pilha Pura: Deta e eu. Andamos, pela praia, uma média de 17,5 Km por dia – o mínimo de 9 Km/dia e o máximo de 28 Km/dia.


Foram nove dias de muitas emoções, uma aventura gostosa e inesquecível, uma experiência marcante. Nove dias convivendo somente com a areia, o mar, os povoados e as gentes/pescadores do litoral norte baiano, atravessando o Rio Real e chegando pertinho de Aracaju, a bela paisagem, os coqueiros, os pássaros, o desafio, os pés machucados, o cansaço, a superação dos limites, o exercício de outras rotinas. Um barato! poderíamos dizer se estivéssemos nos anos 60.

Sei que é um tema diferente do que normalmente é tratado no meu blog, mas não resisto à tentação de ver o diário publicado. Ao relê-lo agora, depois de nove anos, confesso que me emocionei. E botei um título mais bonito na abertura (este aí acima). O original é “Uma aventura de 158 Km em nove dias”. Muito frio, né? Como, aliás, é o estilo do diário, informativo, técnico, seco, sem devaneios, sem “viagens”. Mas creio ser útil e interessante para as pessoas que curtem aventuras semelhantes.


O ANTI-DIÁRIO DE ZÉ SINVA

Para o Pilha Pura, entretanto, seria realmente muito apropriada a recuperação do anti-diário, escrito, também em tempo real, por nosso Zé Sinva. É pena que tenha se perdido.

Seria uma coisa mais ou menos assim:

“Os dois alegres caminhadores chegaram a Mangue Seco, a bela praia que lembra logo Tieta do Agreste, alardeando terem andado naquele dia, sem parada sequer para beber água, nada menos de 28 quilômetros, o que causou frisson entre os circundantes. A verdade verdadeira, porém, pode ser bem outra. Pelo menos é o que sussurram por aquele litoral: segundo fontes confiáveis, o inquieto casal teria sido visto, em reiteradas ocasiões, a bordo de faceiros bugres, os quais, todos sabemos, pululam por aquelas praias...”


E por aí iam as certeiras farpas desferidas pelo venenoso escritor do, na época, afamado anti-diário da festejada aventura.


Infelizmente, Joaninha, nem todos têm a verve irônica e imaginativa de Zé Sinva.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Feliz Dia das Mulheres


Dois clitóris conversam:

"Me disseram que você sofre de frigidez..."

O outro rapidamente responde:

"São as más línguas"

Hoje também é o nosso dia

1 ano de Pilha pura!

domingo, 7 de março de 2010

Bebum sim, burro não!

Ricardo Serrano (1ª foto ao lado) chega ao Bar de Bahia com a última informação sobre Arapinga:

_ O cara foi ao médico e o Doutor, apertando o abdômem de um lado a outro, foi firme na altura do fígado e vendo a cara feia dele, perguntou:

- O Sr. Bebe?

E Arakem:

- Aceito.


Ouvindo isso, Deta se lembrou de um episódio com Jadson. Em recente exame de rotina e preparatória para nova viagem, agora para Trinidad e Tobago , o médico perguntou:

- O Sr. Fuma?

-Fumo.

- Precisa parar de fumar.

Na saída, Deta pergunta:

-Por que você mentiu dizendo que fuma?

-Se eu dissesse que não, ele iria perguntar se eu bebo.


Zé Sinva também conta outra tirada, desta vez, envolvendo Manoel Porto, o papparazi mais fotografado do Pilha pura ( olha ele aí de chapéu, num dos nossos clics):

- Quantas cervejas o Sr. Bebe?

-Depende do papo.


Eis o peitudo!

Enfim, Jaciara enviou a esperada foto do rapaz peitudo que fechou no Campo Grande durante a passagem da Mudança do Garcia, no Carnaval passado.

Já tem gente propondo "vaquinha" pro cara fazer um implante mamário  para ficar tudo igual. Quem se habilita a colaborar?.

sábado, 6 de março de 2010

Vida longa ao Pilha

Boas gargalhadas, situações pitorescas, encontros virtuais com amigos, explosão de emoções. Esse é o saldo de uma ano de existência do Pilha. Infelizmente estou com uma preguiça monstro, sem nenhuma disposição para escrever. Recorri à velhaca da memória, como diria o saudoso professor Raul Sá, mas quem disse que consigo raciocinar? Diante disso vou restringir minha participação, nesta semana de justas homenagens ao Blog, a agradecer a todos e todas (como dizem os politicamente corretos companheiros petistas) pelas postagens, parabenizar Joaninha que passou o ano inteiro literalmente botando pilha( com muita competência )e desejar vida longa ao Pilha.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Morre jornalista Jânio Lopo

Carmela  registrou no Blog do Rio Vermelho   e nós reproduzimos aqui :

"É com tristeza que registramos a morte, nesta tarde de céu nublado, do jornalista e amigo Janio Lopo, editor de política e colunista da Tribuna da Bahia.O seu coração não resistiu a duas paradas cardíacas. Trabalhei muitos anos com Jânio, editei muitas de suas matéria, inclusive uma que foi premiada " Ascensão e queda da do PC do B em Camaçari". Tinha por ele um carinho muito grande. Destemido, critico, senso de humor inconfundível reuniu ao longo dos anos uma legião de admiradores e alguns desafetos inconformados com as criticas que expressava em seus artigos. Deixa mulher e três filhos. Minha solidariedade aos familiares e todos os companheiros da Tribuna.O sepultamento será sábado às 11h no Jardim da Saudade".



Nossas boas lembranças do amigo



Janio também foi muito comentado aqui no Pp, em histórias hilárias contadas por mim ( Se o fusca de Deta falasse ), por Jadson Oliveira, Mônica Bichara, Carmela Talento e Arakém Gomes( Pode ser sim companheiro ),  sobre o nosso tempo da Tribuna da Bahia, quando nos divertíamos muito enquanto trabalhávamos. E também curtíamos a sua companhia depois do expediente, nas rodas de cerveja no Bar de Zé, ou nas programações inventadas por ele, como as farras inesquecíveis no Bar de Maria Luíza, só para zoar com a dublê de empresária e cantora que vivia fazendo competições no palco só para fazer o filho vencer, mas a gente melava o plano dela.


Temos muitas boas lembranças do amigo Janio, sempre bem humorado, crítico e criativo. É verdade que ultimamente nos afastamos, aliás desde que deixamos o jornal, porque desse grupo citado aqui, só ele permaneceu na TB até o fim. Ele sempre teve uma saúde frágil, vivia se queixando da gastrite, que dizia ser a sua amiga inseparável, e a tratava com copos de leite no lanche em dias de crise, cafezinhos e cigarros, um atrás do outro, e umas geladinhas no final do expediente. O cabra mostrou-se forte no primeiro infarto, seguido de uma trombose, e como ele mesmo dizia, chegou a "falar com o homem", mas se salvou. Teve outras complicações, mas se mostrou duro na queda, até que nesta tarde o seu coração decidiu descansar de vez, aos 51 anos de idade.

Janio permanece entre nós, nas nossas boas lembranças. Adeus amigo.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Ô vidão de Jadson!

Depois de alguns meses na terrinha curtindo preguiça até de blogar, o nosso correspondente internacional, Jadson Oliveira, finalmente voltará a postar seus preciosos textos sobre outras terras e gentes. 

O novo plano do viajandão agora, que revelamos em primeira mão, é  o Caribe! Vai para Trinidad e Tobago, especialmente "para treinar o meu inglês" (ai que inveja!).

Quem entende essa figura,que andou por Cuba, Venezuela, Bolívia e Paraguai  observando os movimentos sociais, e a vida política ? ( veja  matéria A busca do socialismo não é quixotesca)
- "Companheira, eu até pensei em partir para o Equador, mas desisti por causa da altura, né?", disse-me um dia desses, chateado pelo mal estar causado pela experiência em La Paz, onde teve problemas com a pressão, falta de ar, desânimo e outros incômodos, além de ter retornado com uma tosse que não quer largá-lo de jeito nenhum.

A viagem para o país caribenho de pouco mais 1 milhão de habitantes, formado pelas ilhas de Trinidad e Tobago, já está marcada, mas não fui autorizada para revelar a data. Só posso dizer uma coisa: tá bem pertinho mesmo.

Ísso é que é previsão


quarta-feira, 3 de março de 2010

Nova contratação

Às vésperas de completar um ano de criação, o Pp reforça o grande time com a nova colaboradora que estréia hoje com a postagem abaixo.

Simoa Borba na verdade é colaboradora do Pilha Pura desde o começo, tanto incentivando, quanto enviando dicas e fazendo comentários. Bem vinda amiga!

Eu sempre desconfiei!!

Homens que traem tendem a ter QI mais baixo

Homens que traem as esposas e namoradas tendem a ter QI mais baixo e ser menos inteligentes, segundo um estudo publicado na revista especializada Social Psychology Quarterly.
De acordo com o autor do estudo, o especialista em psicologia evolutiva da London School of Economics, Satoshi Kanazawa, “homens inteligentes estão mais propensos a valorizar a exclusividade sexual do que homens menos inteligentes”.
Kanazawa analisou duas grandes pesquisas americanas a National Longitudinal Study of Adolescent Health e a General Social Surveys, que mediam atitudes sociais e QI de milhares de adolescentes e adultos.
Ao cruzar os dados das duas pesquisas, o autor concluiu que as pessoas que acreditam na importância da fidelidade sexual para uma relação demonstraram QI mais alto.
De acordo com o estudo, o ateísmo e o liberalismo político também são características de homens mais inteligentes.
Evolução Kanazawa foi mais longe e disse que outra conclusão do estudo é que o comportamento "fiel" do homem mais inteligente seria um sinal da evolução da espécie.
Sua teoria é baseada no conceito de que, ao longo da história evolucionária, os homens sempre foram “relativamente polígamos”, e que isso está mudando.
Para Kanazawa, assumir uma relação de exclusividade sexual teria se tornado então uma “novidade evolucionária” e pessoas mais inteligentes estariam mais inclinadas a adotar novas práticas em termos evolucionários – ou seja, a se tornar “mais evoluídas”.
Para o autor, isso se deve ao fato de pessoas mais inteligentes serem mais “abertas” a novas ideias e questionarem mais os dogmas.
Mas segundo Kanazawa, a exclusividade sexual não significa maior QI entre as mulheres, já que elas sempre foram relativamente monogâmicas e isso não representaria uma evolução.

segunda-feira, 1 de março de 2010

Novo sabor: pizza com inseto



Essa foi a treva! Na sexta-feira (26/02), à noite, estávamos na casa da comadre e vizinha, Deta, e solicitamos uma pizza da Companhia da Pizza (Rio Vermelho), já que a geladeira estava "dando língua" de tão pelada.

Quando a gente fatiou a pizza, a surpresa: um inseto quase do tamanho de uma barata média, torrado e com um monte de pernas para cima deixou todo mundo em polvorosa, alguns com ânsia de vômito (inclusive eu)  disparando para os sanitários da casa.

Deta reagiu de imediato e ligou para Companhia da Pizza para registrar e protestar contra a presença de nojento na pizza, mas a mulher que atendeu ainda insinuou que poderia ser armação nossa para não pagar. A comadre foi dura e mandou que enviasse alguém para pegar a pizza de volta com a porcaria, porque a questão não é de dinheiro.

Um entregador foi ao apartamento olhar o bicho e confirmou o fato, mas só foi isso. A Companhia da Pizza até hoje sequer ligou para pedir desculpas.

Tá avisado.

Nota: a foto é meramente ilustrativa, capturada no Google, porque a gente ficou com tanto nojo que sequer  atinou para fotografar o bicho.

Essas estatísticas...

Arquivo do blog