Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

terça-feira, 13 de abril de 2010

Desce a madeira!

Composição: Tiago Melo/BN



Pedimos licença para tratar aqui de assunto fora da nossa pauta, a política, mas essa história vai além. É pau puro, como tenta mostrar  a  montagem e composição da foto,  publicada hoje no site Bahia Notícias, para ilustrar a bombástica renúncia da deputada Maria Luiza, mulher de John Cry, à candidatura para vaga na Câmara Federal.
A Primeira Dama de Salvador está iraaaaaaaaada!   Depois de fazer um discurso porradão anunciando a decisão de saltar fora das próximas eleições, disse à imprensa, na tarde de hoje, na Assembléia Legislativa, que o marido nem sabia da sua decisão. Mas no pronunciamento  preparado, a deputada desabafa e desce a madeira. Confira nas frases pinçadas do discurso de três páginas :

"Vivo uma farsa política, rodeada de fogo amigo, uma verdadeira guerra fria"

"Não pertenço ao grupo de apoio à candidatura do ex-min. Geddel Vieira Lima... e sei que isso já me custaria a perda da legenda partidária, o direito de ser candidata..."

 "Ontem fui submetida a mais uma sessão de pressão. Dessa vez fui pega de surpresa..."
Sinceramente, não vendo minha alma por nada, muito menos por um cargo"

"Desisto da minha candidatura a deputada federal"

Ao que tudo indica, tem muita mais carne debaixo desse angú. O buxixo geral  aponta que  Geddel (PMDB) reafirmou o estilo trator que tanto o caracteriza, leiloando a cabeça da  deputada no acordo proposto César Borges, de fazer aliança incluindo as proporcionais.  Com tantos candidatos na coligação o PMDB com o PR e o partido dela, a eleição da deputada fica inviabilizada. 

3 comentários:

Carmela disse...

Prá mim tudo isso é combinado com o maridão.

Joana D'Arck disse...

Sem dúvida. Ele chora, chora, mas não tem coragem de romper. Só ela poderia dar esse chega pra lá na pressão dos caras, que até imagino pra quê, embora isso não tenha sido explorado na imprensa. Afinal, só quem tem cargos e recursos na mão agora é Jhon Cry. A gula dos gordos deve ser bem maior do que a gente possa imaginar.

Lúcio disse...

Entre paus e pedras, ou melhor dizendo, entre bananas e pauladas, a família gordo lima está passando o trator tipo todos por um e nada mais! E cuidado a quem questionar algo sobre os 60% de seu ex-ministério, destinados a obras de infraestruturas.

Arquivo do blog