Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Gran finale


Avise aos amigos

que preparo o último verso

A vida

Dura menos que um poema

E no alvorecer mais próximo

saio de cena.

Damário Dacruz
 

Pra quem conheceu esse jornalista, mais poeta que jornalista, como diz seu último verso, saiu hoje de cena. Vai ser enterrado em Cachoeira, onde ele mantinha um interessante espaço cultural chamado Pouso da Palavra.

3 comentários:

Carmela disse...

Mais uma perda para o jornalismo e para as artes. Quando estive em Cachoeira, no dia 25 de julho, foi a espaço cultural com a deputada Lidice que era amiga dele e realmente é um local muito interessante.

Jadson disse...

Muito bonito o poema do Damário. Não o conheci, tive notícia dele há cerca de um mês no blog do amigo Rui (Baiano) Santana, lá de Ananindeua/Belém (www.semlivros.blogspot.com). Peguei outro belo poema lá e trago aqui pros companheiros do Pilha:

Todo risco
(Damário da Cruz)

A possibilidade de arriscar
É que nos faz homens
Voo perfeito
no espaço que criamos
Ninguém decide
sobre os passos que evitamos
Certeza
de que não somos pássaros
e que voamos
Tristeza
de que não vamos
por medo dos caminhos.

Joana D'Arck disse...

Esse é um clássico de Damário, muito lindo mesmo. Pinheiro até recorreu a esse poema na plenária de Waldenor, no domingo passado, para elogiar a ousadia do deputado sertanejo que ousou fazer um evento desses na capitá, naquele salãozão da Casa d'Itália, e arrebemtou. Tinha gente pra caramba e o nosso senadorável ficou entusiasmado.

Arquivo do blog