Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Agora sim, o Estado invadiu de vez nossa santa privacidade

Conforme notícia da AFP, o Parlamento do Malauí, país da África Oriental, vai reativar uma antiga lei da época colonial proibindo peido em público. O ato deve ser qualificado de “delito menor”, sujeito a uma multa.
O ministro da Justiça e de Assuntos Constitucionais, George Chaponda, tem fortes motivos para justificar a lei moralizadora:
"O governo tem o direito de manter a decência pública. Temos que impor a ordem, por acaso querem que as pessoas soltem peidos em qualquer lugar? Agora e devido ao multipartidarismo e à liberdade, as pessoas se acham no direito de se soltar em qualquer lugar. Isso não ocorria durante a ditadura (de Kamuzu Banda), porque as pessoas temiam as conseqüências. As necessidades da natureza podem ser controladas. Os malauianos podem muito bem ir ao banheiro ao invés de soltar peidos em público".

Nenhum comentário:

Arquivo do blog