Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Franklin relata as peripécias do "Camarada Júlio"


Ex-governador Waldir Pires com Franklin no lançamento
da autobiografia

Aconteceu que Franklin (ou o “Camarada Júlio”) se atrasou depois de uma daquelas intermináveis discussões, no final de um congresso da CUT em São Paulo, lá pros anos 80, e acabou ficando sem transporte para voltar ao hotel. Ele, um companheiro e uma companheira. Chegou a madrugada e tinham que dormir em algum lugar. Um hotel, tinham que achar um hotel, a companheira tinha grana disponível e se dispôs a bancar. Acharam, afinal.

Um motel, porém. “Aqui, não!” – o porteiro rechaçou logo o que as aparências indicavam.

Mas, após muita conversa e consulta ao gerente, terminaram ajeitando a hospedagem. Depois teve a cama circular, o filme pornô, ele deitado com a companheira, separados por uma distância pra lá de regulamentar, etc, etc.

Algumas situações assim divertidas e muitas, muitas outras carregadas com a seriedade própria da militância política (clandestina ou não) estão no livro autobiográfico – “Camarada Júlio, confissões sinceras de uma militância” – lançado por Franklin Oliveira Jr. na sexta-feira, dia 17, na livraria LDM, em Salvador. Mais
 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog