Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Marcha das Margaridas – Alô pilheiros/pilheiras!

Diretamente da Cidade das Margaridas, no imenso Parque da Cidade, na secura do Cerrado de Brasília (na segunda-feira foi recorde a tal umidade relativa do ar, no caso, a falta dela, só 10%), vai um alô aos pilheiros e pilheiras da nossa Bahia.

Foi iniciada ontem, terça, a marcha das ditas “margaridas” – o nome é homenagem a Margarida Alves, sindicalista da Paraíba assassinada há 28 anos porque lutava contra os senhores da terra e da vida, os latifundiários. Milhares de trabalhadoras rurais de todo o país estão por aqui para apresentar suas reivindicações ao governo federal, sob o lema "desenvolvimento sustentável com justiça, autonomia, igualdade e liberdade". É a quarta marcha. Hoje haverá passeata pela Esplanada dos Ministérios e é esperada a visita da presidenta Dilma aqui pelo acampamento.

Muita aporrinhação com o acesso à Internet, não consegui postar aqui nem vídeo, nem foto. Postei dois vídeos no Evidentemente, mas parece que antes de aprender já estou desaprendendo, o áudio está uma merda. Um vídeo é um pequeno registro da abertura oficial do evento e o outro é uma mini-entrevista sobre participação política.

Nos vemos, beijos, abraços.

6 comentários:

Joana D'Arck disse...

Muita desculpa para o salário e a diária que está recebendo. Queremos ver essa cobertura toda. Se vire.

Simoa Borba disse...

São milhares de mulheres camponesas,trabalhadoras, jovens que marcharão em defesa da redistribuição de renda com desenvolvimento sustentavel para uma sociedade mais justa. A marcha das margaridas é mais uma demonstração da vivacidade dos mov. sociais em tempos de questionamentos e redirecionamentos.

Mônica Bichara disse...

"Somos um Brasil só, cidade e campo...", elas estão repetindo agora de manhã. Soube por um amigo que tá morando e trabalhando lá que está sendo emocionante.

Queria ter ido, ainda mais com tudo pago pelo Pilha.

Isso é bom, chefinha, pra vc ficar aí babando pra cima com seu correspondente internacional. hehehe

Ivone Prates disse...

Margarida dizia que "é melhor morrer na luta do que morrer de fome", por isso é considerada um grande símbolo da luta das mulheres por terra, trabalho, igualdade, justiça e dignidade. Rompeu com padrões tradicionais de gênero ao ocupar por 12 anos a presidência do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Alagoa Grande, estado da Paraíba... Jô A. Ramos .


Vamos acompanhar esta marcha daqui. Estou ligada em Pilha Pura !

Simoa Borba disse...

Uma amiga que está por lá (Dani Costa) publicou no face a Bela e emocionada fala de Leticia Sabatela no ato politico da marcha das margaridas: "nos somos os sonhos sonhados por diversas mulheres que tiveram suas vidas ceifadas na luta".

Mônica Bichara disse...

A foto de Letícia Sabatela é mesmo muito linda. Mostra toda a emoção de testemunhar um momento especial nas lutas do povo brasileiro

Arquivo do blog