Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Brasil está em 11º lugar entre países onde jornalistas sofrem mais violência


O coordenador da Comissão dos Jornalistas pela Integração Racial do Distrito Federal (Cojira-DF), Sionei Ricardo Leão, informou que o Brasil está em 11º lugar no ranking de países onde há mais violência contra profissionais de comunicação. A afirmação foi feita durante a audiência pública que debateu a violência contra os profissionais brasileiros e estrangeiros, nesta segunda-feira.

Para o coordenador, o crime tem ameaçado a vida dos jornalistas que cobrem locais de risco. Ele lembrou o caso do jornalista Tim Lopes, que morreu há quase uma década, após investigar crimes. Em sua opinião, é preciso que o estado e a sociedade tenham um olhar diferenciado para essas situações e a preocupação de investigar e coibir crimes em locais de difícil acesso, em municípios e regiões afastadas e menos visadas.

Sionei defendeu também a participação dos profissionais negros, que segundo informou, muitas vezes trabalham atrás das câmeras e não são vistos nem reconhecidos.

- O Tim Lopes fazia o papel daquele profissional, característico de uma tradição na imprensa, dos pouco que nos temos e não vemos o rosto deles. Ele era produtor, fazia as reportagens, corria atrás das coisas e não aparecia. – ressaltou Sionei Leão.

A audiência pública foi promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.

Agência Senado

Nenhum comentário:

Arquivo do blog