Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

sábado, 16 de junho de 2012

Barrados no baile


 Beto, em uma outra comemoração anterior, em clima junino
A inusitada comemoração pelo aniversário do jornalista Alberto Freitas, autor de Samba do diploma e Waldick de Itapuã ) atraiu  uma legião de tantos amigos para o bairro do Rio Vermelho, que acabou em duas festas simultâneas, em lugares distintos, mas uma delas sem a presença do aniversariante, porém não menos animada.

"Barrados no baile" de Beto, que escolheu para comemorar a sua nova idade um bar da moda,  os  colegas  como Nádia Argolo, Diogo Tavares, Sinval Soares e Arakem Gomes (Arapinga), famoso por faltar eventos sociais fora da Itinga (Lauro de Freitas), e a aguerrida companheira Deta, dentre outros, não deixaram por menos.

Como o local escolhido por Beto,  "Seu Boteco",  torrou o saco com a má recepção,  Deta resolveu que só entraria  rapidamente para cumprimentar o aniversariante e ainda  ficou indignada porque foi escoltada por uma funcionária que queria ter a certeza que ela sairia logo do recinto, porque senão teria que pagar o couvert artístico, como a informou. Enquanto Arapinga prostestava do lado de fora contra o estranho tratamento da portaria com a clientela que chegava. Já que não entrariam, fomos ao bar mais próximo e a nós foram se juntando os demais amigos que iam chegando.

Resultado: enquanto  Beto curtia o seu níver com alguns amigos  e colegas trabalho em um bar, os "barrados  no baile", como ironizava Arapinga,  festejavam alí perto e brindavam em homenagem ao amigo. E haja brinde! E conversa e contação de "causos" e protestos hilários pela noite afora, varando a madrugada. Os presentes... os presentes estão comigo Beto. Só entrego com outra farra dessa.






Um comentário:

Carmela disse...

Não fui convidada, mas quero desejar muitas felicidades a Beto.
bjs

Arquivo do blog