Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

domingo, 23 de setembro de 2012

O Caderno de Maya - Isabel Allende inova com livro sobre adolescente


O Pilha também é cultura. E aqui vai uma dica sobre um livro escolhido pela pilhinha Ana Carolina, que acabei lendo.  "O Caderno de Maya", de Isabel Allende, tem um pouco de tudo: história, sexo, drogas, mistério, paixão, e outras coisas mais. Além disso, é atual.

Este livro me emocionou especialmente pelo amor de Maya pelo avô e pelos detalhes da sofrida vida da adolescente no submundo das drogas. Veja resumo publica na Folha:

“O texto sempre charmoso de Isabel Allende é um convite à boa leitura. Boa parte de seus livros cruza o tempo e visita passados, reconstrói lembranças e inventa impressões.

A autora renova sua prosa e volta seus olhos para o atual (com um pé atrás, claro), e explora com muito cuidado a vida da garota do título, uma norte-americana de apenas 19 anos que fugiu de sua terra natal e encontrou refúgio em uma ilha da costa chilena.

 O motivo de encontrar-se em outro lugar é para esquecer ou superar seu passado recente (uma ilha, só, rodeada por ondas que vão e vem), quando esteve envolvida com crimes, drogas e prostituição. Não se sabe, ao certo, onde termina um problema e começa outro. Estão todos juntos, ainda mais quando outras tantas pessoas estão envolvidas nesse triângulo sedutor e mortal.

 O passado se mantém vivo. A carne sente ou é apenas a imaginação que o torna real? Alucinação, incerteza, futuro.

 Apesar de prosear com novas possibilidades, Allende faz ela mesmo uma volta ao passado, não deixando passar a oportunidade de relembrar os eventos da ditadura de Pinochet e os fantasmas inscritos nela e no povo chileno.

 "O Caderno de Maya" traz anotações e pensamentos, seja da personagem ou da autora, e pouco importa essa informação, desde que a mensagem final seja entregue”.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog