Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

domingo, 25 de novembro de 2012

Ainda dá tempo assistir hoje os espetáculos do ‘Sesi Bonecos do Mundo, no Jardim de Alah



Por Isabel Santos

Gente, que coisa mais perfeita, bela, espetacular, fantástica... e que mais adjetivos houver para expressar o trabalho desses talentosos manipuladores de bonecos, que estão se apresentando no Jardim  de Alah, na orla marítima (Costa Azul) nos espetáculos patrocinado pelo Sesi ‘Bonecos do Mundo’.
É simplesmente imperdível. Teve um teatro de sombras –‘Sombras de Mão’, do grupo japonês Kakashi-zal –, que foi de cair o queixo. Eu que sempre foi fascinada por essa arte e quando criança ensaiava algumas figuras à luz de vela nas paredes de casa, no interior, fiquei extasiada. Quem não viu – sem nenhum exagero – perdeu mesmo a oportunidade de conhecer ou rever essa arte.
Crianças, até mesmo pequenininhas, jovens e adultos de todas as idades vibraram, Tem cadeira para sentar. Todas amarradinhas umas nas outras e o chão em frente dos palcos. É programa de família. Eu fui lá para ver como era se era realmente gratuito, do que se tratava mesmo... e acabei ficando, retornando às 22 horas.

 Confesso que relaxei (estou precisando), apesar de vento ter levado o meu encharpe, presente do meu filho quando voltei de viagem por outros países da AL , que protegia meu pescoço. Coisas dos meus vacilos. Mas dos males o pior. ‘Vão os anéis e mas ficam os dedos’, o que importam. Vou ver se consigo mobilizá-lo para hoje.

O ‘Circo em Fios’ foi divino, com bonecos acrobatas.  Uma soprano, que belo’. O cachorrinho e seu presente, impressionante. Parecia de verdade. Tem também os espetáculos  em palcos paralelos com os nossos criativos brasileirosa/baianos. O encerramento da noite com o show de Pato Fu e dois bonecos do Grupo Giramundo (hoje eles não se apresentam) fechou com ‘chave de ouro’, como se diz no o velho jargão, a noite.

Segundo a organização, alguns espetáculos não acontecem hoje, mas anunciaram três nos dois palcos principais, considerados muito são bons, como o ‘Diário Malassombrado’, da Cia. Mevitevendo (SP), às 19h, no palco – último espetáculo da tarde/noite. Portanto, quem puder assistir vai sair ganhar a tarde de domingo. Lá tem ainda apresentação de filmes, exposição de bonecos em salas especiais, vendas de bonecos, lanchonete... Uma estrutura e tanto. É a cultura chegando para a população sem custos. Assim deve ser, porque o povo gosta do que é bom, só não pode ter acesso... A programação começa às 16h30. Até lá!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog