Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

PIZZARIA GOOGLE DE OLHO EM VOCÊ


Realmente é a hilária realidade da tecnologia do mundo moderno,onde tudo é possível... 
 
- Pizzaria Google, boa noite! 

 - De onde falam?

- Pizzaria Google, senhor. Qual é o seu pedido?

- Mas este telefone não era da Pizzaria do...

- Sim senhor, mas a Google comprou a Pizzaria e agora sua pizza é mais completa.

- OK. Você pode anotar o meu pedido, por favor?

- Pois não. O Senhor vai querer a de sempre?

- A de sempre? Você me conhece?

- Temos um identificador de chamadas em nosso banco de dados, senhor.  
Pelo  que temos registrado aqui, 
   nas últimas 53 vezes que ligou, o senhor pediu meia quatro queijos e meia calabresa.

- Puxa, eu nem tinha notado! Vou querer esta mesmo...

- Senhor, posso dar uma sugestão?

- Claro que sim. Tem alguma pizza nova no cardápio?

- Não senhor. Nosso cardápio é bem completo, mas eu gostaria de sugerir-lhe meia ricota, meia rúcula.

- Ricota ??? Rúcula ??? Você ficou louco? Eu odeio estas coisas.

- Mas, senhor, faz bem para a sua saúde. Além disso, seu colesterol não anda bom...

- Como você sabe?

- Nossa Pizzaria tem o banco de dados mais completo do planeta.
 Nós temos  o banco de dados do laboratório  em que o senhor faz exames também.
 Cruzamos seu número de telefone com seu nome e temos o resultado dos seus  exames de colesterol.
Achamos que uma pizza de rúcula e ricota seria  melhor para sua saúde.

- Eu não quero pizza de queijo sem gosto e nem pizza de salada. Por isso
tomo meu remédio para colesterol e como o que eu quiser...

- Senhor, me desculpe, mas acho que o senhor não tem tomado seu remédio ultimamente.

- Como sabe? Vocês estão me vigiando o tempo todo?

- Temos o banco de dados das farmácias da cidade. A última vez que o > senhor comprou seu remédio para  colesterol faz 3 meses. A caixa tem 30comprimidos.

- Porra! É verdade.
Como vocês sabem disto?

- Pelo seu cartão de crédito...

- Como?!?!?

- O senhor tem o hábito de comprar remédios em uma farmácia que lhe dá  desconto se pagar com cartão de  crédito da loja. E ainda parcela em 3 vezes sem acréscimo...
Nós temos o banco de dados de gastos com cartão  na farmácia.
Há 2 meses o senhor não compra nada lá, mas continua usando seu  cartão de crédito em outras lojas,
   lojas, o que significa que não o perdeu, apenas deixou de comprar remédios.

- E eu não posso ter pago em dinheiro? Agora te peguei...

- O senhor não deve ter pago em dinheiro, pois faz saques semanais de R$  250,00 para sua empregada doméstica. Não sobra dinheiro para comprar remédios. O restante o senhor paga com cartão de débito.

- Como você sabe que eu tenho empregada e quanto ela ganha?

- O senhor paga o INSS dela mensalmente com um DARF. Pelo valor do  recolhimento dá para concluir que ela ganha R$ 1.000,00 por mês. Nós temos o banco de dados dos Bancos também. E pelo seu CPF...

- ORA VÁ SE DANAR !

- Sim senhor, me desculpe, mas está tudo em minha tela. Tenho o dever de  ajudá-lo.
 Acho, inclusive, que o senhor deveria remarcar a consulta que o senhor faltou com seu médico,
 levar os exames que fez no mês passado e pedir uma nova receita do remédio.

- Por que você não vai à m....???

- Desculpe-me novamente, senhor.

- ESTOU FARTO DESTAS DESCULPAS. ESTOU FARTO DA INTERNET, DE COMPUTADORES,
   DO SÉCULO XXI, DA FALTA DE PRIVACIDADE, DOS BANCOS DE DADOS E DESTE PAÍS...

- Mas senhor...

- CALE-SE! VOU ME MUDAR DESTE PAÍS PARA BEM LONGE. VOU PARA AS ILHAS FIJI OU ALGUM  LUGAR QUE NÃO TENHA INTERNET, TELEFONE, COMPUTADORES E GENTE ME    VIGIANDO O TEMPO TODO...

- Sim, senhor...entendo perfeitamente.

- É ISTO MESMO! VOU ARRUMAR MINHAS MALAS AGORA E AMANHÃ MESMO VOU SUMIR  DESTA CIDADE.

- Entendo...

- VOU USAR MEU CARTÃO DE CRÉDITO PELA ÚLTIMA VEZ E COMPRAR UMA PASSAGEM SÓ DE IDA  PARA ALGUM LUGAR BEM LONGE DE VOCÊ !!!

- Perfeitamente...

- E QUERO QUE VOCÊ ME ESQUEÇA!

- Farei isto senhor... ...(silêncio de 1 minuto)

- O senhor está aí ainda?

- SIM, PORQUE? ESTOU PLANEJANDO MINHA VIAGEM...E PODE CANCELAR MINHA PIZZA.

- Perfeitamente. Está cancelada. ...(mais um minuto de silêncio) - Só mais uma coisa, senhor...

- O QUE É AGORA?

- Devo lhe informar uma coisa importante...

- FALA, CACETE...

- O seu passaporte está vencido.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Já disse e repito: "O bar é a cidade..."

Aproveito o gancho dado por Joaninha, ao consignar aqui no Pilha a inauguração da Praça Marconi Aguiar, um reconhecimento justíssimo ao nosso professor Marconi, lá no Bar de David, em Salvador, "na Bahia", como dizemos nós. O Bar de David, para mim, virou assim uma espécie de pai (ou mãe), a matriz de todos os bares por onde passo e passei nesses últimos tempos.

E são muitos, já fiz uma resenha (escrevi com z, mas o computador acusou errado, mudei pra s) aqui no Pilha (ou no Evidentemente). Não vou repetir, vou somente registrar mais três bares de BH, onde acabo de encerrar uma pequena temporada de dois meses e pouco (já estou respirando ares paulistanos). É aquele velho papo: "O bar é a cidade ou a cidade é o bar", ou coisa que o valha, o que fica mais forte na memória é o bar (ou os bares) de cada cidade. Coisa de cachaceiro assumido, vamos ver até quando, porque "o tempo urge" (como disse, num contexto distinto, aquele pistoleiro retadão do Era uma vez no oeste, meu faroeste predileto, vivido pelo saudoso Charles Bronson) e o prazo de validade está encurtando.

Estas duas fotos são do meu bar predileto em BH: na primeira, com o nome Guiana's Bar, no centro da cidade, umas três quadras da Praça Sete, pertinho do Mercado Central; na segunda, com minha garçonete predileta, Rose.
Aí está o Balaio de Gato. A rotina era assim: eu tomava três no Guiana's (às vezes, uma cervejinha, uma jurubeba Leão do Norte - em BH todo bar tem, a legítima, baiana, aquela do Leão deitado, como diz meu primo Eudaldo, lá de Seabra - e um uísque Cavalo Branco - um "cavalinho", como diz Rose); saia e ia subindo a Avenida Olegário Maciel rumo ao meu hotel (25 a 30 minutos de caminhada), mas no caminho parava aí no Balaio de Gato e tomava a quarta dose do dia, a "penúltima" (uma jurubeba ou um "cavalinho" ou, quando me sentia mais rico, um Jack Daniel); e, por fim, já juntinho de "casa", tomava a "última saideira" no Ali Babá, que é a primeira foto lá encima. Veja como minha vida é dura, encerrei mais uma rotina em BH, agora em SP tenho que criar outra rotina, é mole?
Esta aí é num outro bar, eventual, não guardei o nome, com os amigos Gérson (publicitário, artista e blogueiro) e Luiz do Mosaico, "do Mosaico" porque é o nome dum seu jornal, seu blog chama-se luizdomosaico. A gente tinha acabado de sair dum debate sobre Mídia, Hegemonia e Transformação Social, na Faculdade de Direito (promoção do jornal Brasil de Fato), escrevi três matérias no meu blog sobre o evento (a bebida no meu copo não é café, é jurubeba Leão do Norte, como disse, em BH todo bar tem. E olhe que são realmente muitos bares, não é à toa que se diz que em BH "não tem mar, mas tem bar").


 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O que fazer com a aposentadoria?

Uma amigona do blog vive hoje o primeiro dia de aposentadoria. O pilha dá um brinde pra quem acertar o que ela planeja a partir de agora.
a) Virar blogueira e sair por aí descobrindo outros lugares;
b) Realizar o antigo sonho de se tornar empresária e abrir uma loja de biju;
c) Voltar para o curso abandonado por falta de tempo e virar psicóloga;
d) Não fazer porra nenhuma e morar na beira de uma praia distante da cidade;
e)  Virar hippie e sair por aí vendendo artesanato.







segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Aos doces boêmios

Quem está com a bola toda é o professor Marconi,  que sendo o cliente dos  mais assíduos e uma das figuras mais populares do bar de  David, no Parque São Paulo (Apipema/Chame-chame), foi homenageado com placa fixada na árvore que atravessa o caloroso espaço etílico.

Outro boêmio em alta na confraria de David é o nosso correspondente, o jornalista/blogueiro Jadson Oliveira, que apesar de estar  em nova temporada fora da cidade sempre é lembrado pelo criativo professor e tocador de violão, que já fez nova versão da música que compôs para o amigo, cujo refrão diz: "É *VPP, é VPP".
 Evidentemente, não é companheiro?


* Abreviação de Vá pra porra! que, assim como Evidentemente, faz parte dos  jargões preferidos de Jadson,  repetidos exaustivamente, mas com muito humor, depois da terceira dose de uísque.

Primavera: os "periquitos" do França entram no clima

No Rio Vermelho a primavera chegou com tudo! E no clima da  alegre estação do ano,  a equipe de garçons do bar Confraria do França  mostra que está sintonizada, exibindo o novo uniforme de estampa floral. Mas como a galera não perdoa, já ganharam o apelido de "Periquitos do França".

Depressão é coisa de mulherzinha!

Compartilhando essa que me enviaram e achei bem interessante. É fato que a natureza é mais generosa com os homens, mas convenhamos companheiras, nós gostamos de complicar. E como gostamos!
Porque a depressão masculina é raridade! 

·        Não engravidam.
·        Os mecânicos não mentem pra eles...
·        Nunca precisam procurar outro posto de gasolina para achar um banheiro limpo.
·        Rugas são traços de caráter...
·        Barriga é prosperidade!
·        Cabelos brancos são charme...
·        Os sapatos não lhes machucam os pés.
·        As conversas ao telefone duram apenas 30 segundos.
·        Para férias de 5 dias, apenas precisam de uma mochila.
·        Se outro aparecer na mesma festa usando uma roupa igual, não há problema.
·        Cera quente não chega nem perto.
·        Ficam assistindo a TV com um amigo, em total silêncio, por muitas horas, sem ter que pensar: "Deve estar cansado de mim."
·        Se alguém se esquece de convidá-los para alguma festa, ainda assim vai continuar sendo seu amigo.
·        Sua roupa íntima custa no máximo 20 reais (em pacote de 3).
·        Três pares de sapatos são mais que suficientes.
·        São incapazes de perceber que a roupa está amassada.
·        Seu corte de cabelo pode ser o mesmo duranteanos, aliás, décadas.
·        Meia dúzia de cervejas geladas e um jogo de futebol na televisão são o suficiente para a extrema felicidade.
·        Os shoppings não fazem falta para eles.
·        Podem deixar crescer o bigode.
·        Se um amigo chamá-lo de gordo, careca, bicha velha etc, isso não abala em nada a amizade deles. Aliás, é prova de grande amizade.
·        Podem comprar os presentes de Natal para 25 pessoas, no dia 24 de dezembro em, no máximo, 25 minutos!
·        Para um churrasco, precisam de carne, sal grosso, uma faca e uma tábua e, no máximo, uma bermuda para limpar os dedos sujos de gordura.
Que maravilha!

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Mais uma do inverossímil Nobel da Paz

Do blog Evidentemente:

De Daniel Paz & Rudy, no jornal argentino Página/12, de 20/09/2013

Dilma esnoba o homem que sabe demais

Do blog Evidentemente:

Compartilho com vocês a capa de hoje, dia 18, do jornal Diário do Comércio, de São Paulo. Não sei qual é a linha da publicação, parece que é ligada à Associação Comercial, ao empresariado paulista, não sei bem. Mas achei graficamente, jornalisticamente, atraente, interessante, a manchete com a presidenta Dilma cancelando (ou adiando) a visita ao todo-poderoso Barack Obama, em virtude do episódio da espionagem imperial, achei ótima (me lembrei do meu tempo de mancheteiro da Tribuna da Bahia, em Salvador-Bahia).

Pra dar um pitaco: tudo bem que as denúncias, através do Snowden, estão dando seus resultados. Mas, aqui pra nós, tem muito de hipocrisia e jogo de cena nessa história: quais as autoridades brasileiras, em especial as pertinentes ao tema, não sabiam da espionagem que a CIA e etc levavam a cabo no Brasil? Me recordo que a revista Carta Capital, em seguidas reportagens do Bob Fernandes, denunciou há alguns anos essa coisa e, na época, nossas autoridades e nossa mídia hegemônica fizeram-se ouvidos de mercador, como se diz. Ou seja, como menciona sempre o próprio Bob, neste e noutros casos, as denúncias foram recebidas com "estrondoso silêncio".

Império é império! Que o diga o nosso inverossímil Nobel da Paz

Do blog Evidentemente:

De Daniel Paz & Rudy, no jornal argentino Página/12 (o "shit..." aí pode ser traduzido para "merda..." ou "porra..." e, no espanhol, para "carajo...")

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Enígma cabeludo


 
 Conversa ouvida em uma barbearia no Brasil. (Infelizmente não temos o nome do estado onde ocorreu.)
 - Tri legal tchê! Qual o segredo pra tu chegar nessa idade sem um fio de cabelo branco?
 - Pinto de preto.
 - Mas bah tchê!  Me passa já o telefone deste negão.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Festival da Primavera - Rio Vermelho

Atenção, atenção Palhaços de plantão!
 
Dia 21/09 vai acontecer no Rio Vermelho o Festival da Primavera, é claro que os Palhaços do Rio Vermelho não poderiam ficar de fora sendo assim, retirem suas fantasias da naftalina, vistam suas camisas e venham comemorar a chegada da Primavera. Vamos nos concentrar na Quadra de esportes do Rio Vermelho a partir das 14:30 h com maquiadores, perna de pau, malabares... a animação será comandada pela querida Banda Marmelada, as 16:30 h vamos sair pelas ruas do bairro que estarão literalmente fechadas.
 
Os Palhaços do Rio Vermelho vão abrir oficialmente o Festival. Esperamos vocês com a Paz, Alegria que caracterizam os nossos encontros.
 
Viva a primavera, viva os Palhaços do Rio vermelho!

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Gaspar, o deprimido, está se aposentando (para Deta)

- Como vai o trabalho, Gaspar? - pergunta a analista.
- Vai... como sempre. Não gosto, mas tenho que trabalhar. Mas já me aposentarei.
- Gostaria de não trabalhar mais?
- Claro! Gostaria de ter todo o dia para desfrutar a vida! E muita, muita, muita grana para gastar tudo em terapia... para me lamentar falando da saudade do trabalho, porque é a única coisa que me distrai da angústia do meu viver.

Do jornal Página/12, de 07/09/2013 - Autor: 

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Dança de Angola:Kizomba!!!



Dança de Angola...Kizomba...!!!  "Dança quer me matar, dança quer me matar..."  Olha só o molejo da dançarina e o jogo de cintura do dançarino. 


quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Lauro sai na frente de Salvador e bota metrô pra funcionar

O metrô de Salvador não sai nem a pau, mas o de Lauro de Freitas está em pleno funcionamento, para alegria da moradora pilheira Mônica Bichara, que agora pode se deslocar mais rápido e feliz, pelo jeito dos passageiros que acenam e demonstram grande contetamento. Sorte sua comadre.  

domingo, 1 de setembro de 2013

Caiu o presidente do Chile



 

Calma, companheiros e companheiras! Como vemos na foto, foi somente uma queda, um tombo e tanto, "una aparatosa caída", como disse meu portal venezuelano predileto, o Aporrea.org.

 

O Sebastián Piñera, um dos poucos presidentes francamente direitistas da nossa América do Sul, estava na sexta-feira inspecionando uma obra de demolição em Santiago, escorregou entre os escombros e protagonizou uma queda espetacular. Na hora, ele foi amparado pelo prefeito de Puente Alto, Germán Codina, como se vê na foto.

 

Depois, já no palácio La Moneda, Piñera, bem humorado, falou aos jornalistas: "Felizmente, o presidente está zero quilômetro, trabalhando, com força e entusiasmo, e com duas dores, uma física e outra na alma, por ter dado a vocês o prazer de ver cair o presidente".

Arquivo do blog