Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Protesto dos moradores do Loteamento Marisol engarrafa o trânsito na orla e Av. Paralela

Manifestação reivindicou serviços públicos à prefeitura e governo estadual




 Sem asfalto, drenagem, iluminação e policiamento suficientes e outros serviços públicos, tanto do estado quanto da prefeitura, moradores do Loteamento Marisol,área com mais de 1.300 unidades habitacionais localizada na Praia do Flamengo, na divisa de Salvador com Lauro de Freitas, promoveram manifestação na manhã de domingo, engarrafando o trânsito até a Avenida Paralela.

Eles distribuíram Carta Aberta à População revelando o temor diante da aproximação de novo período de chuvas, sem que os serviços públicos prometidos tenham sido sequer iniciados.



“Chuva, para nós moradores do Marisol, é sinônimo de rio transbordando, o Rio Sapato, ruas alagadas, casas invadidas por lama e esgoto, famílias ilhadas e muito prejuízo”, explicou Marcos Cardim, representante da Comissão de Moradores. Segundo ele, a manifestação pacífica foi a única saída encontrada pela comunidade para chamar atenção das autoridades e da população para a situação do loteamento, que até o ano passado era administrado pela Prefeitura de Lauro de Freitas.



 A Prefeitura de Salvador prometeu obras no bojo do programa Bairro a Bairro, mas até o momento nenhum anúncio foi feito beneficiando as ruas do Loteamento Marisol.








Arquivo do blog