Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

sexta-feira, 27 de março de 2009

Só falta o CD

Jussara Silveira que nos perdoe, mas o encanto com o show dela já era esperado. O novo que mexeu com a platéia na noite de ontem, no Teatro Castro Alves , em homenagem ao Dia Mundial da Água (no dia 22 de março), foi a apresentação do grupo baiano Matita Perê.

Novo sim, embora completando dez anos de existência. O Matita Perê arrasou nas músicas autorais Rosiana (Luciano Aguiar/Borega), De Itajubá e Subida a Montanha (ambas de Luciano Aguiar) Baião Bachiado ( Borega), e nas releituras, especialmente de Só Louco (Caymmi). Os arranjos da banda se destacaram, como também o canto de Borega, principal vocalista.

Dava gosto ver aqueles meninos (apesar da década de música juntos, todos com cara e jeito de meninos), como chamou a própria Jussara, ao revelar no palco o seu encanto pelo grupo que a antecedeu. Ao final, o Matita acompanhou a estrela tocando uma música criada para peça publicitária, de autoria do grupo, e gravada por ela.

Além dos muitos aplausos entusiasmados, ouvi muitos comentários de gente profissional da música, e simples apreciadores como eu. Alguns desses reproduzo aqui:

Luara Carrilho


“ Gostei muito. Achei os arranjos excelentes e também as releituras e canções autorais. Muito bom” (Luara Carrilho, flautista).



Sinval Soares


"O Matita Perê é muito bom! O grupo realmente deu um show de qualidade. Não entendo porque ainda não gravou um CD, reunindo tantos talentos e um trabalho tão apurado". (Sinval Soares, jornalista)


Élcie Quadros

“O grupo é afinadíssimo. Adorei os arranjos e a releitura de músicas consagradas. Um show!” (Élcie Quadros, formada em música e ex-vocalista);



Marina Soares


“Que banda é essa! Vou mandar o CD dela pro meu tio que mora em Brasília, um amante da música. Realmente me surpreendi” (Marina Soares, advogada).

Taí o recado meninos. Agora é botar esse prometido primeiro CD na rua.

2 comentários:

Jadson disse...

Parabéns a Borega e seu grupo, parabéns a Joaninha, estou morrendo de inveja de seu blog, cheio de gente boa e bonita.
Quero pongar nele para dizer alguma coisa, pois parece que meu blog e o Mídia Baiana estão (temporariamente, espero) em recesso. (Estou ocupadíssimo, em lua de mel com esta bela cidade Curitiba e com uma moça baiana que está por aquí. Quando a lua de mel acabar, prometo – para alegria ou desgosto dos leitores – voltar a falar).
Quero pongar nele, dizia eu. É que o nosso presidente Lula, de vez em quando, me faz esquecer os muitos “pecados” de seu governo. Deta e eu demos gostosas risadas com sua última tirada, proclamando que a crise financeira internacional foi provocada pelas ações irracionais de gente branca de olhos azuis. Uma belezura! Parece que alguém contestou (não vi bem no noticiário da TV) e ele voltou à carga, lucidamente: não conheço nenhum banqueiro negro ou índio. Acrescentou que os negros, os índios (os mais pobres, enfim) são, no final das contas, as principias vítimas da crise. Falou Lula, valeu meu voto, apesar dos pesares.

joana disse...

Jadson! Que legal esse seu estímulo. Fico feliz em saber que você está curtindo Curitiba, mas estamos com saudades dos seus belos textos e curiosos para saber das suas experiências por aí. O seu blog está precisando mesmo de uma oxigenada. Quanto ao Mídia Baiana, parece que os colaboradores ainda estão de férias, assim como você. Vamos ver se agente reanima essa galera.

Arquivo do blog