Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Não se faz mais cururu como antigamente

Quem diria! O velho Mané Porto, comunistão das antigas, cururu de carteirinha, agora só anda nas colunas sociais. Casou o filho João na última quinta-feira (29) na Igreja de Nossa Senhora da Conceição e fez questão de receber os convidados no chiquerésimo Trapiche Adelaide. O figurino do emergente estava nos trinques, com direito a cravo na lapela e outras frescuras. A dona do blog, que também é chic de doer, tava lá poderosa. A mãe do noivo, Denise, também tava arrasando no modelito importado.
Lógico que os amigos não perdoaram, tiraram o maior sarro da cara do bebum metido a granfino, quando começou a destilar as doses e mais doses de bebida (das boas), "babando pra cima" como diria Irepinga, chamando João: "Meu filhinho, meu filhinho, cadê meu filhinho????".

2 comentários:

Jadson disse...

Para consolar nosso Manelão, também já passei por isso no casamento de meu filho Fabiano. Como o Pilha está especializado em escanear, sugiro uma foto minha no casamento, todo empaletozado e engravatado (quase tudo de aluguel e alguma coisa emprestado de Bina). Um "vexame". Acho que tenho umas fotos guardadas, mas aí vai depender de Deta, quando retornar.

Joana D'Arck disse...

Boa lembrança, Jadson. Vai ser bom exibir aqui a pinta de James Bond (Sean Coneri) do ex-cururu e hoje correspondente internacional do Pilha hehehehe

Arquivo do blog