Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

"Um vagabundo como eu...

... Também merece ser feliz." fotografado por dinda, em La Paz, disputando um banco da praça com um mendigo. Isto aqui é só uma pontinha do seu dossiê, Jadson, pra você aprender a num se meter nem comigo nem com meu pai ou minha mãe, viu?

4 comentários:

Mônica Bichara disse...

Nana, aposto que ele acordou cantando: Seu guarda eu não sou vagabundo, eu não sou delinquente / Sou um cara carente, eu dormi na praça / pensando em Detaaaaaaaaaaaa
Seu guarda seja meu amigo, me bata, me prenda / Faça tudo comigo, mas não me deixe... /
Ficar sem Detaaaaaaaaaaaa


Liz lembrou dessa letra que é perfeita como fundo musical kkkk

Jadson disse...

Deitado num banco, EM BOA COMPANHIA, em pleno Paseo El Prado, no centro de La Paz, que vidão!, como diria nosso saudoso Rêmulo Pastore. Não poderia aparecer melhor nas galerias do Pilha Pura, gracias, Ana Carolina. Se isso é a pontinha do meu dossiê, que venha mais!
(Para a Dinda: me lembrei daquela vez que vc me achou dormindo num banco da praça em Itaberaba, lembra?)

Jadson disse...

...com fundo musical e tudo mais, que vidão!

Joana D'Arck disse...

Lili foi em cima com esse fundo musical. Essas meninas estão muito sabidas! Tá vendo aí, Jadson?

Arquivo do blog