Rumo a Sampa

O correspondente internacional do Pilha, Jadson Oliveira, caiu de posto  e agora vai trabalhar por aqui mesmo, no Brasil. Sai hoje de Trinidad e Tobago (Caribe), onde não sei que p..  foi fazer durante três meses, "evidentemente", seguindo para São Paulo, onde vai  se encontrar com a colega baiana Olivinha Soares e Protógenes (o delega federal).

Ele diz que a parada em Sampa é para conviver com os movimentos sociais (hum...) e acompanhar as eleições (viu que a minha provocação  funcionou? Questinoei aqui porque ele só se interessava pelas eleições dos outros paises) .

Agora sim teremos uma cobertura EXCLUSIVA da campanha para presidente.
Bem vindo companheiro!

Comentários

Mônica Bichara disse…
Agora sim! Aguardem notícias quentíssimas da eleição. Cole em Dilma que ela é A cara (de Lula)