Taí o flagrante  da prisão do falso jornalista João Andrade Neto. O  empresário paga ao sócio do dono do site Pura Política a quantia de R$ 5 mil, no hangar do Aeroporto Internacional de Salvador.

Comentários

Mônica Bichara disse…
Esse caso é vergonhoso e serve para mostrar a importância do diploma para jornalistas. O cara se passava por jornalista para extorquir. Tem um artigo de Raul Monteiro hoje, no site Política Livre, sobre isso.