Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

terça-feira, 29 de março de 2011

A vergonhosa entrevista do deputado Jair Bolsonaro ao CQC

Estarrecedora a entrevista do deputado federal Jair Bolsonaro (PP/RJ) ao CQC, segunda-feira (28/03/11). Além de confessar ter saudade da ditadura, vomita outras aberrações contra gays e negros, de dar nojo ao mais ferrenho dos racistas. Quando Preta Gil perguntou o que ele faria se o filho se apaixonasse por uma negra, disse que não discutiria promiscuidade, ambiente semelhante ao que ela teria vivenciado. Por um lado foi bom o espaço dado pelo também machista e racista CQC ao deputado do partido "progressista", pelo menos deu motivos de sobra para enquadrá-lo na lei, já que RACISMO É CRIME INAFIANÇÁVEL. A própria Preta Gil já anunciou que vai meter um processo pra cima dele, hoje mesmo. Jean Willys e outros deputados já avisaram também que vão pedir a cassação de Bolsonaro e que ele seja punido exemplarmente.

2 comentários:

Joana D'Arck disse...

Comadre, eu estava agora mesmo querendo postar o vídeo da entrevista, e vou fazer isso. Não sei como um cara desse ainda está livre e impune, sendo racismo crime inafiançável. Fico pasma!

Fabio Fonseca disse...

É impressionante esse cara.
E ainda veio dizer que a Dilma não era pra ser eleita...
Ele é quem deveria ESTAR PRESO, PORQUE PRECONCEITO É CRIME!

Mas ele é parlamentar e nesse país nada acontece com eles... parece que são "Os Intocáveis".

Arquivo do blog