Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

sábado, 27 de abril de 2013

Você sabia que Thomas Edison foi um farsante?


Nikola Tesla, gênio da engenharia mecânica e eletrotécnica, inventou, dentre outras coisas, a "lâmpada elétrica" e morreu pobre; enquanto isso, Thomas Edison, o farsante explorador, ficou rico (Foto: Internet)

Parte de artigo do argentino Adrián Paenza publicado no blog Evidentemente, sob o título Loucos (parte 1). A matéria originalmente é do jornal Página/12, edição de 13/02/2013.



Outro caso típico foi do famoso Nikola Tesla, engenheiro de origem sérvia, que teve que concorrer com ninguém menos do que Thomas Alva Edison. Numa época (fins do século 19) quando o mundo se iluminava usando a luz de vela, Tesla inventou um sistema elétrico (“a corrente alternada”) que é o que se usa até hoje para se ter eletricidade na sua casa e na minha. Edison propôs o uso da corrente direta ou contínua e disputou com Tesla, que foi o propulsor da corrente alternada, que é a que se usa hoje.

A história oficial atribui a Edison a invenção da “lâmpada elétrica”, porém não foi ele quem a inventou, e sim Tesla. Edison ficou com todo o crédito porque foi ele quem a distribuiu e a vendeu.

Edison tinha (e teve) sempre a faca e o queixo na mão, na medida em que foi o patrão de Tesla, mas Tesla tinha razão e não pôde em vida receber o reconhecimento que merecia. Tesla é considerado hoje um dos maiores inventores da história. Ainda está em discussão se foi ele e não Marconi quem inventou o rádio, mas deram a Marconi o Prêmio Nobel e a Tesla não. E mais ainda: a história oficial também diz que Robert A. Watson-Watt foi o inventor do radar, mas a outra história reconhece Tesla como o autor intelectual.

Inclusive Edison ofereceu a Tesla, que era seu empregado, em determinado momento, o equivalente ao que seria atualmente um milhão de dólares se ele conseguisse resolver um problema que tinha com os motores e geradores de sua fábrica. Tesla conseguiu e quando foi reclamar seu dinheiro recebeu esta resposta de Edison: “Tesla, você não entende o sentido do humor dos norte-americanos”. Edison viveu sua vida tratando de ganhar dinheiro e patenteando invenções de outros. Tesla foi um cientista que inventou – entre outras coisas – nada menos que o sistema elétrico que usamos hoje. Edison morreu rico e poderoso. Tesla morreu no quarto dum pequeno hotel em Nova Iorque sem um dólar e cheio de dívidas. (Tradução: Jadson Oliveira)

3 comentários:

Joana D'Arck disse...

Nossa, parece até histórias de vilanias das novelas.Que canalha, esse Edison! Deu até dó de Tesla, tão inteligente e inventivo e tão ingênuo!

Alessandro disse...

Sentado este Thomás está nos vales.esta, mas nao sei se nas sombras, só talvez deva ser um inventor quem disser dos morcegos das piores espesiss.

Solid disse...

E Tesla ainda se apaixonou por uma pompa, e achava que ela o correspondia.

Arquivo do blog