Quem somos

Quem somos
O blog de Joana D'Arck e pilheiros

domingo, 17 de agosto de 2014

A curiosa festa de premiação do Festival de Gramado



Do 42º Festival de Cinema de Gramado, cuja festa de premiação ocorreu ontem à noite, transmitida ao vivo pelo Canal Brasil, chamaram atenção três fatos no mínimo estranhos, mesmo para quem não é especialista no assunto, que é o meu caso, mas curiosa para saber o que o principal evento da sétima arte na América Latina traz de novo, peço licença para expressar: 
1- O longa-metragem "A Despedida" levou os kikitos  de melhor Direção (Marcelo Galvão), Atriz (Juliana Paes) e Ator (Nelson Xavier), mas não levou o de melhor filme, que ficou para "A Estrada 47", de Vicente Ferraz, o que pareceu uma conformação, uma forma de contemplar todo mundo; 
2- A atriz Juliana Paes confirma o talento que  demonstrou na novela "Pedacinho de Chão", da rede Globo (na qual arrasou uma personagem totalmente estranha aos papéis que vinha representando, sempre explorando a sua beleza e sensualidade) concorrendo com a poderosa Fernando Montenegro ("Infância"), que levou o Prêmio Especial do Juri, que mais parece prêmio consolação (e disso ela não precisa!); 

3- O ator premiado Nelson Xavier fez questão de elogiar a organização e beleza do festival para a mais importante premiação, mas a ausência de muitos premiados para receber a estátua, inclusive Juliana Paes, Fernanda Montenegro e Marcelo Galvão, mesmo que justificada pelos colegas, chateou, tirou um pouco do brilho da festa, pareceu descaso, o que seria lamentável. 

Veja  mais sobre o Festival:

PREMIAÇÃO LONGAS-METRAGENS LATINOS

MELHOR FOTOGRAFIA
Arnaldo Rodriguez, por "Las Analfabetas"

MELHOR ROTEIRO
Manuel Nieto, por "El Lugar Del Hijo"

MELHOR ATRIZ
Paulina Garcia e Valentina Muhr, por "Las Analfabetas"

MELHOR ATOR
Felipe Dieste, por "El Lugar Del Hijo"

MELHOR FILME / Júri Popular
"Esclavo de Dios", de Joel Novoa

MELHOR DIRETOR
Moisés Sepúlveda, por "Las Analfabetas"

MELHOR FILME
"El Lugar Del Hijo", de Manuel Nieto
  
JÚRI DA CRÍTICA

MELHOR CURTA / Júri da Crítica
"La Llamada", de Gustavo Vinagre

MELHOR LONGA LATINO / Júri da Crítica
"El Crítico", de Hernán Guerschuny

MELHOR LONGA BRASILEIRO / Júri da Crítica
"Sinfonia da Necrópole", de Juliana Rojas

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

MELHOR DESENHO DE SOM
Branco Neskov, por "A Estrada 47"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Andrea Buzato, por "Os Senhores da Guerra"

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Paulo Betti, por "Infância"

MELHOR TRILHA MUSICAL
Alceu Valença, por "A Luneta do Tempo"

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Moacyr Gramacho, por "A Luneta do Tempo"

MELHOR MONTAGEM
Tina Saphira, por "Infância"

MELHOR FOTOGRAFIA
Eduardo Makino, por "A Despedida"

MELHOR ROTEIRO
Domingos Oliveira, por "Infância"

MELHOR ATRIZ
Juliana Paes, por "A Despedida"

MELHOR ATOR
Nelson Xavier, por "A Despedida"

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (1)
“Os Senhores da Guerra”, de Tabajara Ruas

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (2)
Fernanda Montenegro, por “Infância”

MELHOR FILME / Júri Popular
"O Segredo dos Diamantes", de Helvécio Ratton

MELHOR DIRETOR
Marcelo Galvão, por "A Despedida"

MELHOR FILME
"A Estrada 47", de Vicente Ferraz


CURTAS-METRAGENS

DESENHO DE SOM
Guga Rocha, por "História Natural"

TRILHA MUSICAL
"Sem Título #1: Dance of Leitfossil"

DIREÇÃO DE ARTE
Caio Ryuichi Yossimi, por "O Coração do Príncipe"

MONTAGEM
Carlos Adriano, por "Sem Título #1: Dance of Leitfossil"

FOTOGRAFIA
Giovanna Pezzo, por "La Llamada"

ROTEIRO
Caio Ryuichi Yossimi, por "O Coração do Príncipe"

ATRIZ
Rafaela Souza, por "Carranca"

ATOR
Guilherme Silva, por "Carranca"

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
“O Clube”, Allan Ribeiro

MELHOR FILME / Júri Popular
"A Pequena Vendedora de Fósforos", de Kyoko Yamashita

MELHOR DIRETOR
Gustavo Vinagre, por "La Llamada"

MELHOR FILME
"Se Essa Lua Fosse Minha", de Larissa Lewandowski

PRÊMIO CANAL BRASIL
"A Pequena Vendedora de Fósforos", de Kyoko Yamashita


PRÊMIO DOM QUIXOTE
"Las Analfabetas", de Moisés Sepúlveda


LONGAS-METRAGENS LATINOS

MELHOR FOTOGRAFIA
Arnaldo Rodriguez, por "Las Analfabetas"

MELHOR ROTEIRO
Manuel Nieto, por "El Lugar Del Hijo"

MELHOR ATRIZ
Paulina Garcia e Valentina Muhr, por "Las Analfabetas"

MELHOR ATOR
Felipe Dieste, por "El Lugar Del Hijo"

MELHOR FILME / Júri Popular
"Esclavo de Dios", de Joel Novoa

MELHOR DIRETOR
Moisés Sepúlveda, por "Las Analfabetas"

MELHOR FILME
"El Lugar Del Hijo", de Manuel Nieto


JÚRI DA CRÍTICA

MELHOR CURTA / Júri da Crítica
"La Llamada", de Gustavo Vinagre

MELHOR LONGA LATINO / Júri da Crítica
"El Crítico", de Hernán Guerschuny

MELHOR LONGA BRASILEIRO / Júri da Crítica
"Sinfonia da Necrópole", de Juliana Rojas

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

MELHOR DESENHO DE SOM
Branco Neskov, por "A Estrada 47"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Andrea Buzato, por "Os Senhores da Guerra"

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Paulo Betti, por "Infância"

MELHOR TRILHA MUSICAL
Alceu Valença, por "A Luneta do Tempo"

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Moacyr Gramacho, por "A Luneta do Tempo"

MELHOR MONTAGEM
Tina Saphira, por "Infância"

MELHOR FOTOGRAFIA
Eduardo Makino, por "A Despedida"

MELHOR ROTEIRO
Domingos Oliveira, por "Infância"

MELHOR ATRIZ
Juliana Paes, por "A Despedida"

MELHOR ATOR
Nelson Xavier, por "A Despedida"

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (1)
“Os Senhores da Guerra”, de Tabajara Ruas

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (2)
Fernanda Montenegro, por “Infância”

MELHOR FILME / Júri Popular
"O Segredo dos Diamantes", de Helvécio Ratton

MELHOR DIRETOR
Marcelo Galvão, por "A Despedida"

MELHOR FILME
"A Estrada 47", de Vicente Ferraz

Nenhum comentário:

Arquivo do blog